A Justiça do Rio de Janeiro negou pedido de titular de duas cadeiras cativas no Estádio do Maracanã ao uso do espaço durante a final da Copa América 2021, hoje (10), a partir das 21h, entre Brasil e Argentina. A decisão é do plantão judiciário.

O juiz Paulo Roberto Corrêa indeferiu o pedido porque considerou que o evento não seria aberto ao público, mas sim restrito a convidados da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e das federações brasileira e argentina de futebol.

A prefeitura do Rio de Janeiro autorizou a presença de público no Estádio do Maracanã, mas restringiu a lotação a 10% da capacidade de cada setor.  



Agencia EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *